Super FOG Vs. Sonic The Hedgehog 2

Primeiramente, Sonic Mania já foi lançado, estão se divertindo com o jogo? 🙂 Aguardem pelas minhas impressões no final dessa maratona.

Introdução: Ahhh… Sonic 2… como não olhar para esse jogo de uma forma que não seja nostalgica e puramente lúdica? Como falar de uma forma tão técnica e sisuda sobre o jogo mais importante da minha vida? (Sim! Mais importante que SMW ou qualquer jogo da Nintendo que você possa mencionar) Prefiro apenas pensar na sensação de honra que é analisar o jogo onde tudo começou para mim. Continuar a ler

Super FOG Vs. Sonic The Hedgehog

Disclaimer: Eu disse que esse primeiro review viria no domingo, mas rolou um misto de preguiça, distrações, trabalho e procrastinagem. Desculpe por isso.

Introdução: O ano é 1991, um ano em que a Nintendo já estava para consolidar um monopólio no mercado de consoles de video game, o SNES lançou e foi rapidamente conquistando corações, e quem iria parar esse avanço da Big N e do seu encanador que pula em tartarugas? Eis que uma tal SEGA resolveu aceitar o desafio usando para isso o seu sutilmente mais velho Mega Drive, um console que na época sofria para se tornar popular. Foi quando o trio de colaboradores: O designer Naoto Oshima, o programador Yuji Naka e o planejador Hirokazu Yasuhara, se reuniram para criar o jogo que bateria de frente com aquele encanador que salva princesas.
Continuar a ler

A Teoria final do Wii U

Esse post está um tanto quanto atrasado, quem me acompanha desde o começo deste blog sabe o quanto eu manifestava pensamentos positivos sobre o mal-compreendido console de oitava geração da Nintendo, todas as minhas opiniões sobre jogos, hardware, visão das pessoas de fora, da imprensa, da própria Nintendo… enfim, o console teve a sua fabricação cessada no fim do ano passado em preparação para a chegada do Switch, fazendo o Wii U amargar o título de console mais fracassado da Nintendo em unidades vendidas. O objetivo desse artigo é compilar todos os marcos do Wii U e formular uma conclusão sobre o console segundo o meu ponto de vista, se você concorda ou discorda, junte-se a discussão na seção de comentários.
Continuar a ler