Por favor, parem de choramingar por gimmicks

Você recentemente deve ter lido alguma notícia sobre o jogo de Wii U Donkey Kong Country Tropical Freeze conter uma opção que permite desligar o Wii U Game Pad automaticamente caso você opte por jogar na tela da televisão com um Pro Controller ou Wiimote e Nunchuk, que são os controles suportados pelo jogo. O Wii U também oferece opções manuais para “desligar” o Game Pad, mas na verdade você o coloca em um modo de hibernação em certos jogos e aplicativos, ver um jogo oferecer uma opção automática é sempre muito bom.

Mas por que eu estou fazendo um Rant sobre isso, você pergunta? Simples! Os estúpidos fanboys da Nintendo e haters de plantão viram isso como algo inexplicável, como algo ruim, como a Nintendo negando as próprias funcionalidades do console, coisas do tipo “Nem a Nintendo sabe o que fazer com o Game Pad”, “Como assim, esse jogo não vai usar o Game Pad”, “A Nintendo lançará um Wii U sem Game Pad”, “A Nintendo deveria abandonar o Game Pad”…

Para essas pessoas, eu devo perguntar: Qual é o problema com vocês? Sério, daonde tiraram tanta inspiração para falar tanta besteira? Aonde RAIOS um jogo oferecer opções de comodidade na gameplay é um delito tão grande assim? A única coisa que eu consigo pensar disso tudo é uma obsessão gigantesca por gimmicks em todo o lugar, aparentemente toda vez que a Nintendo lança um console com algum diferencial, todos os jogos, TODOS os jogos PRECISAM OBRIGATORIAMENTE fazer uso dessa gimmick, não fazer uso dela significa um desperdício, um gasto de dinheiro, algo que severamente vai afetar a qualidade do jogo.

Para tudo isso eu digo algumas coisas. Primeiro: A Nintendo NUNCA empurrou suas gimmicks de gameplay pela garganta de ninguém! O controle do N64 permitia que jogos não fizessem uso da alavanca anlógica nem da porta de expansão traseira, e todos os controles avulsos vendidos eram exatamente iguais, o controle do GameCube idem; O Wii tinha como opção aos que não gostavam do Wiimote o Classic Controller, só bastava os jogos serem compatíveis com o dito cujo; E agora temos o Wii U Game Pad que, quase exatamente como o controle do N64, tem um elemento chamativo no design (a tela touch, nesse caso), mas mesmo assim, oferece suporte completo à uma opção de gameplay tradicional! É uma das coisas que eu sempre valorizo em um controle de videogame, especialmente dos consoles Nintendo que sempre troca o layout do controle à cada geração, por mais que eu goste de inovações (por serem necessárias neste mercado à beira de um novo crash) eu vou sempre prezar pela gameplay tradicional e sempre vou exigir opções para isso em todos os consoles! Estou defendendo o Wii U? Não! Quem leu o meu review sabe muito bem que tem coisas que eu não gosto nele, ainda acho o tamanho do Game Pad incomum e não compreendo o porquê de ser tão grande, não gosto do fato de o console só suportar dois Game Pads simultaneamente por mais que as razões para isso sejam compreensíveis, não gosto do fato de não haver Game Pads avulsos à venda no varejo (é possível comprá-los no site de suporte da Nintendo, mas o SO do console ainda só permite conectar um), não gosto da baixa duração da bateria mesmo sabendo que posso comprar uma nova com maior duração (inclusive, o encaixe da bateria no Game Pad é predisposto para isso), enfim. Assim como vocês eu não acho o Game Pad perfeito, longe disso, mas diferente de vocês, eu guardo minhas reclamações para motivos pertinentes, motivos que atrapalhem minha experiência com o console.

Segundo: Eu ODEIO o Nintendo 2DS! Quer dizer, eu consigo entender seu conceito e seu público alvo, mas toda vez que eu vejo aquele portátil eu me lembro do quanto muitos outros fanboys pedantes queriam que a Nintendo lançasse um 3DS sem o 3D, porque aparentemente estes mesmos fanboys eram incapazes de ver o botão ao lado da tela superior que permite desligar o efeito 3D. Enfim, o 2DS se tornou uma realidade e às vezes eu encaro isso como se a Nintendo tivesse se rendido aos pedidos ignorantes dos fanboys e criado aquele modelo só para fazer eles sossegarem o facho. Mas o que tudo isso tem a ver com a discussão? Simples, da mesma maneira que fanboys pediram por um 3DS sem 3D (e foram atendidos), agora temos mais fanboys pedindo por um Wii U sem Game Pad! E o pior de tudo é que eu admito que isso está muito próximo de acontecer, e eu vou odiá-lo da mesma forma que o 2DS, os motivos estão lá em cima, pessoas achando que a Nintendo é obrigada a forçar um uso mirabolante da sua traquitana pelas nossas goelas e estar terminantemente proíbida de oferecer uma experiência tradicional, como se o Game Pad não fosse predisposto para isso. E quando você apresenta um argumento similar ao meu, começam a apelar para o preço do console influenciado pelo controle e bla bla bla, como se alguém que já desembolsou os 300 dólares pelo seu console fosse se importar com isso, quer dizer, porque eu imagino que o cara comprou o console ciente dos jogos que quer jogar e de como o console funciona e o que ele tem a oferecer neste exato momento. Encerro este parágrafo dizendo que, assim como eu esperava que as crianças (no sentido perjoativo) que choramingavam pelo 3DS sem 3D tenham comprado o 2DS, espero que se a Nintendo resolver lançar um Wii U com o Pro Controller no lugar do Game Pad, que os fanboys façam questão de comprá-lo, afinal, estão praticamente se auto-obrigando a comprar o console que não tem Game Pad… Mas que piada.

Terceiro: Os usos atuais do Game Pad já não são o suficiente? Vocês querem que o Game Pad seja ainda mais explorado do que já foi? Começo dizendo que eu ADORO a função Off-TV Play, adoro ter todo o jogo só no meu Game Pad enquanto a minha televisão está desligada economizando energia, em um outro cenário, é ótimo ter seu jogo todo nas suas mãos sem necessidade de tirar a esposa da frente da novela, é ótimo ter o direito de assistir o seu futebol sem tirar o filho da frente do Mario Bros. O Off-TV Play sozinho é um IMENSO fator de vendas, se eu fosse um pai de família procurando um console para o meu filho e aprendesse mais detalhes dessa função, eu compraria o Wii U com prazer, fora que a proposta desta função não é tão difícil assim de se entender. Por fora do Off-TV Play, o que mais o Wii U permite? Interagir diretamente com o level design das fases por meio da touch screen? Rayman Legends e Super Mario 3D World fazem isso efetivamente bem. Quem nunca reclamou de ter que pausar o jogo para ter acesso à um mapa ou inventário? Graças à tela do Game Pad acabaram as trocentas mudanças de tela que cortavam o seu ritmo, muitos jogos de DS e 3DS já faziam isso mas ter algo assim em um console de mesa é apenas louvável! Ou então uma interação mais única e criativa? The Wonderful 101 é o meu jogo favorito de 2013 e não é à toa, porque usa o Game pad de diversas maneiras e é maravilhoso de se controlar, e de quebra suporta Off-TV Play e ainda permite inverter a imagem que se vê em cada tela à qualquer momento do Game, simplesmente fantástico. Então por que tem tanta cobrança para ver o Game Pad ser usado exaustivamente sendo que ele já recebe usos excelentes e muitos deles não destroem a gameplay tradicional? Eu não preciso de um uso frescurento, forçado e desagradável de uma gimmick só para sinalizar que eu estou usando-a, gosto de ter a opção de se manter tradicional caso eu não consiga usar a dita cuja de uma maneira eficiente.

Concluindo tudo isso, eu apenas peço: PAREM DE CHORAMINGAR POR GIMMICKS! Parem de reclamar da existência delas, parem de achar que são obrigados à usá-las, parem de achar que gastaram dinheiro à toa nelas (porque isso é perdedor demais) e principalmente parem de fingir que vocês não tem como se livrar delas se não lançando outro console!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Por favor, parem de choramingar por gimmicks

  1. Quem é rebelde pela Nintendo é rebeldia sem causa. Tipo quando vão falar que a Nintendo tá à beira de uma falência e coisa do gênero. A pérola mais recente que ouvi foi falando que ela era responsável por matar o Sonic, graças à parceria que a Sega fez com a empresa. Afinal, como se mata o que já está morto? Se nem a Nintendo arrumou, a única solução é mandar o personagem para o lixo.

  2. Fãs da Sega e do Sonic são os piores que existem, eu simplesmente não acredito que até hoje existam viúvos dos consoles dela e negam o fato de Sonic se dar melhor nos consoles Nintendo.

    BTW, meu Sonic Lost World chegou hoje =D

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s