O que eu acho sobre gráficos em jogos

Eu nunca manifestei publicamente a minha opinião sobre gráficos em jogos de videogame, o motivo de eu estar escrevendo este texto é porque gráficos são um assunto em alta no mundo dos games atualmente. Muitas pessoas pensam que por eu, e muitas outras pessoas, sermos fãs da Nintendo, nós sempre façamos pouco dessas questões técnicas como gráficos e taxas de quadros por segundo. Verdade seja dita, é muito chato ver pessoas discutindo unicamente sobre gráficos e tratá-los como a coisa mais importante de um jogo, MAS… é igualmente chato ver pessoas discutindo somente sobre jogabilidade e conteúdo como a coisa mais importante de um jogo, continue lendo e entenda aonde quero chegar.

Eu sou dono de um Wii, um Wii U e um 3DS, também jogo uma coisa ou outra no celular e no PC e tenho planos de ainda comprar um PS3 assim que possível. Quando eu jogo nessas plataformas, é normal que eu, e qualquer outro dono de uma delas, exija em ver a máquina mostrando seu potencial técnico, eu adorava a filosofia que a Nintendo adotava no Wii, eles conseguiam mostrar que gráficos não são a única coisa que interessa em um jogo e, ao mesmo tempo, conseguiam fazer jogos visualmente bonitos, Super Mario Galaxy é o melhor exemplo que eu lhes mostro do que eu quero dizer, é um jogo com visuais resplendorosos e que oferece uma experiência igualmente satisfatória em jogabilidade, graças à jogos como Super Mario Galaxy, tornou-se um senso comum que todo dono de Wii mereça jogos no mesmo nível técnico.

A minha visão quanto à isso é um pouco diferente da dos demais: Eu não ligo para gráficos em um jogo, eu não ligo para a quantidade de polígonos, texturas e efeitos visuais que usaram para modelar o mundo daquele jogo. Claro, isso não significa necessariamente que eu despreze gráficos completamente, eu tenho uma mínima exigência quanto à eles, eu quero uma apresentação visual que seja agradável de se ver na minha televisão, não adianta fazerem um jogo que seja um primor de jogabilidade se o meu jogo tem visuais feios, e por visuais feios eu digo estilo de arte ruim, baixa qualidade na modelagem gráfica, animações com falhas, etc. E, claro, dependendo do console em que eu estiver jogando, eu vou querer uma apresentação visual compatível com o que aquele console é capaz de oferecer, o 3DS é capaz de gerar gráficos da VI geração e conseguir fazê-los parecer bonitos em suas telas de baixa resolução, e um jogo como The Wonderful 101 é bastante focado em jogabilidade mas mesmo assim possui gráficos bonitos que fazem jus ao potencial do Wii U.

Percebem o que eu quero dizer aqui? Eu praticamente exijo um meio termo entre ambos os elementos que compoem um jogo. Se o jogo tem gráficos bonitos, eu vou exigir que ele seja agradável de se controlar. Se o jogo tem boa jogabilidade, eu vou exigir que ele tenha gráficos bonitos. Isso passa muito longe de coisas que os fanboys dizem, como a atual obsessão por 1080p à 60fps ou a idolatria excessiva por jogabilidade e controles, minha opinião é formada ao simplesmente fazer uso do bom senso em cima das coisas que fazem um jogo ser bom.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s