Maratona Super Smash Bros. (Concluída)

A partir de segunda feira, estarei iniciando uma nova maratona de reviews que há muito tempo as pessoas vêm esperando, uma maratona de Super Smash Bros.

Quem seguia este blog desde meados de abril, sabia que meus planos originais era de fazer uma maratona com todos os jogos dirigidos por Masahiro Sakurai, como eu havia prometido no final deste post (eu inclusive cheguei a comprar Kirby’s Adventure só para ter minha coleção completa de jogos do Sakurai e escrever os reviews), entretanto houveram uma cadeia de acontecimentos, somados à minha preguiça que me fizeram perder muito tempo e acabei desistindo. Mas quem sabe em um futuro próximo.

Entrando no hype do lançamento vinidouro das novas edições de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS/Wii U, eu irei escrever reviews de cada um dos três jogos atualmente disponíveis e se eu tiver a chance, também escreverei um review de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS e contarei como parte da maratona.

Como eu conheci Smash Bros.?

Meu primeiro contato com a série ocorreu no já longínquo ano de 2001, em uma locadora que acabara de comprar o GameCube para os clientes jogarem e disponibilizar jogos para aluguel, na época eu costumava alugar muitos jogos para meu antigo Nintendo 64 e uma das caixas sempre me chamava a atenção:

A capa mostrava Mario e Pikachu se atacando além de Fox mais um personagem então desconhecido também lutando. Virando a capa, eu percebi se tratar de um jogo de luta aonde quatro jogadores podiam se bater ao mesmo tempo. O jogo nunca me interessou só pela caixa, na época o meu maior vício era Mario Party, além dos invencíveis Mario Kart 64 e GoldenEye 007 quando se falava de multiplayer.

Na prateleira do GameCube na mesma locadora, também chamava a atenção outra capa bem parecida:

Mais personagens que eu não conhecia, os mesmos Mario e Pikachu se digladiando mas desta vez com Bowser no fundo. Foi quando eu joguei GameCube pela primeira vez que eu resolvi dar uma chance ao estranho jogo de luta com personagens da Nintendo. No começo eu tinha escolhido Mario e só apertava botões para fazer coisas acontecerem na tela, cheguei ao final do jogo sem entender nada do que tinha acontecido. Foi só quando eu aluguei o jogo de N64 e finalmente consegui um tempo para compreender o jogo e descobrir o quão incrivelmente simples e surpreendentemente divertido o jogo era, passei horas e horas fazendo partidas contra o computador e zerando o 1P Game com todos os personagens para ver todos os finais. Até a hora de devolver o jogo, ele já tinha me envolvido de uma maneira como nunca antes, e eu passava o tempo todo querendo mais.

Eu demorei muito tempo para comprar um GameCube, mas quando eu o fiz, Smash Bros. Melee foi o primeiro jogo que fiz questão de comprar, finalmente com tempo para apreciar suas diferenças e sua superioridade de conteúdo, foi em um período bem tardio aonde eu estava começando a levar video games à sério. Então pode se dizer que Smash Bros. foi uma influência tremenda na minha vida como gamer.

Com o anuncio de Smash Bros. Brawl para Wii em 2006, foram infinitas visitas à sites especializados para ver e rever imagens e o curto trailer do anuncio, o meu desejo em comprar mais sistemas Nintendo só para jogar Smash era constante, e no meio de tantas visitas eu tive meus primeiros contatos com o cenário competitivo: habilidades avançadas, campeonatos, jogadores experientes, eu havia descoberto que Smash Bros. era algo enorme em termos de comunidade que vai muito além de meros fãs da Nintendo.

Hoje estamos às vésperas de novos jogos, sendo um deles a primeira interação da série a ser lançada para portáteis, Smash Bros. é uma das maiores máquinas do hype de toda a indústria dos videogames, algo que mexe não só com os fãs da Nintendo mas como fãs de outros jogos também. Espero que gostem dos reviews e se divirtam 🙂

Super Smash Bros.

Super Smash Bros. Melee

Super Smash Bros. Brawl

Super Smash Bros. for Nintendo 3DS

Super Smash Bros. for Wii U

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s