Super FOG vs. Super Mario World

Introdução: Chegamos ao fim dessa maratona celebrando os 30 do Super Mario Bros. original, e não há melhor maneira de encerrá-la escrevendo um review daquele que certamente foi o primeiro Mario de muitas pessoas, eu mesmo incluso.

Como eu disse antes, Super Mario Bros. 3 foi o Mario mais revolucionário de todos os tempos, porém pouco tempo depois, Mario faria sua incursão na geração dos 16-bits, como fazer uma revolução tão estrondosa como a anterior? A resposta está em uma só palavra: EXPANSÃO! Super Mario World, à grosso modo, expande tudo aquilo que Super Mario Bros. 3 fez certo multiplicando-o por centenas! E a melhor parte disso tudo é que Super Mario World foi o título de lançamento do Super Nintendo, nos dias de hoje quantos jogos de lançamento de consoles são conhecidos por sua excelência?

O jogo em si: Sai o Mushroom Kingdom e entra Dinosaur Land, uma terra tão ampla, mas tão ampla que os mundos são interligados em si pelas próprias fases, tão ampla que você pode apertar Start nessa tela e usar o D-Pad para ver todos os mundos possíveis no jogo, tão ampla que agora somos introduzidos às fases com duas saídas e, consequentemente, rotas alternativas para se descobrir. Em resumo, Super Mario World é um jogo maior que Super Mario Bros. 3 em termos de fases a se completar. Quanto a história, à parte de o Bowser raptar a princesa Peach de novo, Bowser também ordena que os sete Koopalings aprisione os Yoshis, os habitantes de Dinosaur Land, em ovos, cada um guardando um pedaço de terra desse amplo mundo.

Novos Truques: Como o controle do Super Nintendo aumentou a quantidade de botões de 2 para 6, Mario agora é capaz de mais truques, B continua sendo o botão para pulo e o botão para correr agora é o Y, pois com o botão A você faz o Spin Jump, um pulo giratório que permite destruir certos tipos de blocos, destruir instantaneamente certos tipos de inimigos e até se proteger de inimigos invencíveis, com os novos gatilhos L e R você desliza a câmera para a esquerda e direita, função meio inútil e talvez situacional mesmo para novatos.

O power-up definitivo: Isso soa como um grande ponto negativo contra o jogo, pois Super Mario World apenas traz de volta os usuais Mushroom, Fire Flower (que agora transforma os inimigos em moedas) e Starman, e todos os power-ups de SMB 3 não retornam, mas o que acontece é que em troca de todos esses power-ups nós recebemos aquele que eu considero o melhor power-up da história dos Marios 2D, a capa! Pegue a pena mágica, ganhe uma capa amarela em suas costas e torne-se capaz de coisas incríveis, primeiramente Mario ganha um spin attack com o botão Y que te permite simplesmente atropelar todos os inimigos no caminho, mesmo alguns aparentemente invencíveis, e ao correr por uma certa distância, Mario pulará bem alto, bem alto mesmo, e começará a voar, pressione a direção oposta ao vôo no D-pad para balanceá-lo no ar e voar por cima de tudo pela distância que quiser, não há um limite como em SMB3, voe o quanto quiser e passe por cima de fases inteiras assim, chega a ser gamebreaking! Entretanto, para compensar, há certos momentos que te farão provar que você é um mestre da capa, como uma certa saída secreta no meio do jogo que te requer passar POR BAIXO da saída normal.

Yoshi: O novato do universo Mario, seus amigos foram aprisionados em ovos pelos Koopalings e pede aos irmãos Mario que eles o ajude a resgatá-los. Yoshi age como uma montaria no jogo, mas a magia desse dinossauro está em sua língua comprida e aos novos Koopa Troopas com cascos multicoloridos, Yoshi engole boa parte dos inimigos menores do jogo, e as coisas que ele não consegue engolir ficam dentro de sua boca e podem ser cuspidas depois, porém os cascos de Koopa Troopas habilitam algumas habilidades especiais, o casco vermelho faz Yoshi cuspir fogo, o verde age como um projétil, o azul dá asas ao Yoshi e o amarelo deixa o Yoshi mais pesado e com a habilidade de dar um pulo que gera bolas de areia ao bater no chão, eventualmente você encontrará Yoshis coloridos que conseguem fazer mais coisas com um só casco.
À parte dos poderes de sua língua, andar com o Yoshi em si te deixa mais poderoso, pular junto com o Yoshi destrói os inimigos como um spin jump, porém com a vantagem de você ganhar um impulso no pulo, em cima do Yoshi você também pode dar um super pulo ao apertar A no meio do pulo e assim desmontar do Yoshi, espero que você seja humano e não use o super jump em cima de abismos ou poços de lava, Yoshi também tem sentimentos.

Novo exército e novas bases: As tropas do Bowser ganharam algumas caras novas, e as caras velhas foram em grande parte renovadas, entre os novatos estão o Rex, um dino azul que requer dois pulos para ser derrotado, Galoombas, os primos mais fortes dos goombas, já que eles não morrem com um reles pulo, Spike Top, que caminha pelas paredes das cavernas, Super Koopas, que são Koopa Troopas com os poderes da capa, e por fim, um dos inimigos mais insuportáveis de todos os tempos, Chargin’ Chuck, que além de praticar trocentos esportes, tenta te perseguir, te atira pedras, pula em cima de você e ainda e de quebra avisa sobre sua presença aos outros inimigos!
Em termos de novas bases, temos de volta os sete castelos do Koopalings, que infelizmente oferecem bem menos desafio do que em SMB3, as Fortalezas onde os Boom Booms foram substituídos pelos Reznors, e de novidade temos as Ghost Houses, onde vivem os Boos e atuam como as fases puzzle do jogo.

Os segredos de Dinosaur Land: Obter 100% no jogo requer que você encontre todas as saídas de todas as fases, por toda a Dinosaur Land existem fases marcadas por um ponto amarelo e outras por um ponto vermelho, as fases com ponto vermelho significam duas saídas, estas saídas secretas podem te levar a mais fases ou mesmo cortes de caminho como podem te levar para uma Star Road, que te leva para o Star World, completando todas as suas 10 saídas você ganha acesso à Special Zone, que contém as fases mais difíceis do jogo, com destaque para a infame Tubular e sua horda de Chargin’ Chucks, ao completar este mundo você não somente recebe o título de super player como toda Dinosaur Land é submetida à uma mudança de estação, algo mais parecido com o outono, e os inimigos também são transformados, os Koopa Troopas se tornam Mask Koopas.

A luta final contra Bowser: Cansado de ser afundado pelas armadilhas que ele mesmo criou, Bowser agora ataca abordo do icônico Clown Car, nada de lança-chamas, apenas um veículo voador de onde saem Mechakoopas e eventualmente uma bola de boliche!, de tempos em tempos, Peach ajudará você com um cogumelo, após golpear Bowser um certo número de vezes, ele será derrotado, Peach será libertada e ambos irão tirar umas merecidas férias, porque essa foi uma aventura e tanto!

Veredito: Super Mario World compila todas as melhores coisas dos três jogos de NES, adiciona novidades excitantes junto com excelentes gráficos para um console de 16 bits e uma das melhores jogabilidades que um Mario 2D poderia ter. À nível pessoal, este é o meu jogo da Nintendo favorito de todos os tempos! Tal como a gênese da série, é um jogo contemporâneo, que nunca envelhece e nem deixa de ser atual, e como dito antes, para os que não pegaram o começo de tudo, este Mario foi o começo para muitos, incluindo eu mesmo. O placar perfeito que eu segurei em todos os jogos está guardado para esta maravilha aqui, sem arrependimentos!

score100

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s