Collab: Os melhores third parties para Wii U

Artigo feito em colaboração com Alexandre Gramiliki Vieira

Hoje venho aqui fazer uma participação especial aqui no Super FOG vs. sobre as polêmicas em relação ao GamePad, do Wii U. Sendo bem sincero, faz tempo que não escrevo artigos porque é simplesmente difícil dar opiniões hoje sem ser taxado de fanboy ou coisa do tipo quando o assunto é Nintendo. Você pode escrever textos de ódio, previsões sobre o apocalipse ou até mesmo dizer que o Game Pad é inútil sem ser taxado de Sonysta ou Caixista (fanboy da Microsoft tem apelido em pt-br. Forte apoio ao Brasil). Sendo assim, prometo medir as palavras para não ser julgado aqui. (palavras “não-medidas” removidas na edição :v ) Continuar a ler

Anúncios

Collab: Por que o Wii U tem poucos lançamentos

Originalmente escrito por André Maske, concordo com absolutamente tudo.

Antes de emitir essa opinião, saibam que vou comprar um Wii U por causa de MK8 e Smash.

A Nintendo só está colhendo os frutos da inércia e prepotência dela. Somente agora ela se tocou que fazer jogos HD dá muito mais trabalho. Isso que ela podia observar os exemplos das outras empresas que se bateram e muito entre 2006 e 2009. Foi um festival de jogos medíocres e/ou atrasados. O problema agora é que as outras empresas já se bateram bastante na última geração e têm know-how para ter produtividade e qualidade em jogos HD. O fato de a Nintendo não ter conseguido lançar Pikmin rápido, além de outros jogos, desacelerou muito o embalo do console e desestimulou as thirds. Agora o Wii U vai estar numa seca de 3 meses. Por ela perceber que não vai ter a produtividade necessária que ela vai passar a licenciar suas IPs para outras desenvolvedoras com experiência em HD. Óbvio, é a única maneira de manter um ritmo de jogos no console e de thirds lançarem títulos exclusivos, já que o diferencial do Wii U, que é o gamepad, nem a Nintendo soube usar, como ela mesmo admitiu. Continuar a ler

As incriveis vendas do PS4 no Brasil

Primeiramente, agradecimentos ao John Herbert pelo Rant de hoje, boa parte do texto a seguir é de autoria dele.

G1 foi até as lojas e nenhuma unidade foi vendida nas pesquisadas… mas quando ligou para as lojas, as mesmas disseram que as unidades estavam acabando(Sony, Fnac, Magazine Luiza e UZ Games também foram pesquisadas).

A sony não vai divulgar, é claro, os números de vendas, não quer mais críticas do que já tem.

SE FOSSE SOBRE A NINTENDO… tava todo mundo caindo em cima falando que “já era”… “Faliu”… Continuar a ler